VELOCIDADE MÁXIMA - Rogério Elias


Espanha, 2º dia

Romain Grosjean [Lotus] fechou o segundo dia de testes coletivos da F1 em Jerez de la Frontera, na Espanha, na frente. Cravou 1min18s218 e foi 6 décimos mais rápido que Jenson Button, da McLaren, ontem. Já falamos que tudo é relativo nesse começo. Mas parece que McLaren e Lotus continuam velozes como em 2012. Ótimo para Kimi Räikkönen e azar para Lewis Hamilton.

Hoje, Felipe Massa foi o oitavo colocado. Luiz Razia, estreando oficialmente na Marussia, ficou em último. Mas o novato brasileiro teve problemas significativos em seu carro. Uma pane séria no motor. Tanto que completou 31 voltas e não voltou mais para a pista, já que a equipe não conseguiu consertar o carro.

Massa, em princípio, teve mais um dia sem problemas graves. Foram 78 voltas por Jerez e, ao que parece, com o programa definido para esse dia cumprido.

Quem mais andou foi Mark Webber, da Red Bull, com 101 voltas [4º lugar nos tempos] e tudo sugere que o RB9 também não apresentou problemas. Será que está pintando um carro superconfiável e rápido?

Mico do dia ficou para Lewis Hamilton. Bateu com o novo Mercedes, depois de somente quinze voltas. A assessoria do time garante que ele teve um problema nos freios.



Escrito por Rogério Elias às 15h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Série B

Bruno Senna está fora da F1. Algo esperado, desde que a negociação com a Williams [e outros times] encruou no final do ano passado. Nesta terça-feira, o brasileiro anunciou que correrá o FIA-WEC, novo campeonato mundial de endurance. Ou seja, corrida de longa duração. Acho sensacional o WEC. Entendo que provas de longa duração são a essência e a razão do automobilismo. Velocidade, durabilidade, habilidade e resistência [pilotos].

Senna vai andar com a marca Aston Martin [da qual também sou admirador], na classe GT. 

Conhecemos bem o entendimento da maioria dos torcedores em nosso país. Deixar a F1, do jeito que foi, ir correr numa categoria desconhecida no Brasil, e ainda na GT, já que as estrelas são os protótipos da LMP1, significa um fracasso. Senna foi rebaixado para a Série B.



Escrito por Rogério Elias às 11h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Nada a declarar

Jenson Button ficou a manhã toda de terça-feira na oficina em Jerez com problemas na bomba de combustível da nova McLaren. Na parte da tarde, o inglês foi para pista, deu 37 voltas e foi o mais veloz. O que dizer? Nada a declarar.

Mark Webber, com a nova Red Bull, tem um dia sem problemas, terminou em 2º. Mas, 8 décimos atrás de Button. O que dizer? Nada a declarar.

Felipe Massa foi só o sexto, de nova Ferrari, com uma volta quase 1s7 mais lenta.... hummmm... nada a declarar.

Primeiro dia de trabalho da F1 2013. Um dia para checar sistemas. O programa de trabalho de cada equipe difere e isso proíbe uma comparação. O positivo, me parece, é que Ferrari e RBR tiveram dias bons, sem problemas pepinosos. A McLaren enfrentou uma pane similar aquela que teve em 2012 [Abu Dhabi, com Hamilton]. Uma luz amarela aqui, afinal já deveriam ter resolvido isso. Mas o carro me parece bem rápido ainda.

Tempos:

1. Jenson Button- McLaren,  1m18.861s
2. Mark Webber - Red Bull, 1m19.709s
3. Romain Grosjean - Lotus, 1m19.796s
4. Paul di Resta - Force India, 1m20.343s
5. Daniel Ricciardo - Toro Rosso 1m20.401s
6. Felipe Massa - Ferrari, 1m20.536s
7. Nico Hulkenberg - Sauber, 1m20.699s
8. Nico Rosberg - Mercedes, 1m20.846s
9. Pastor Maldonado - Williams, 1m20.864s
10. Giedo van der Garde - Caterham, 1m21.915s
11. Max Chilton - Marussia, 1m24.176s



Escrito por Rogério Elias às 15h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Carros na pista!

Finalmente a F1 voltou. O primeiro teste para a temporada 2013 acontece(u) nesta terça-feira, dia 5, na pista de Jerez de la Frontera, na Espanha. Pilotos de ponta, mesmo, na pista só dois: Felipe Massa e Mark Webber. O resto é uma lista sem fim de aspirantes. Na manhã de trabalho, Romain Grosjean [Lotus] foi o mais veloz. Massa foi o 6º e Webber o 8º. Quase nada dá pra falar ainda. A não ser que Felipe foi dos que mais andaram [47 voltas] e isso pode ser um sinal de que o carro novo apresentou poucos problemas [nenhum sério] e de que o programa de desenvolvimento está correndo dentro da programação da Ferrari.

Papitaço para o fim do dia: Williams liderará a terça com Pastor Maldonado.



Escrito por Rogério Elias às 11h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




2013

Amigos,

vou fazer isso agora, porque depois que os testes começarem amanhã fica fácil. Evidentemente que automobilismo é pista. É mais do que necessário ver o desempenho dos novos carros da F1 na pré-temporada e a evolução ao longo do campeonato. Ou seja, as coisas mudam. Que bom que as coisas mudam! Vou apostar aqui minhas fichas com base no ano passado, expectativas para 2013, habilidade e força mental dos pilotos. Devo acertar alguma coisa. Veremos:

Sebastian Vettel: Fenômeno. Pilota muito. Erra muito pouco. E tem um carro de outro mundo. Tem tudo para conquistar o 4º título consecutivo. Só espero mais competição, se não fica chato.

Fernando Alonso: Genial. Pilota demais. Quase não erra. Mas quando erra, tira no braço [coisa que Vettel não faz com frequência, ainda]. Torço para que a Ferrari faça um carro a altura de seu talento. Poque ai ele briga... e pra valer.

Mark Webber: Por mais que se esforçe e consiga a simpatia e o apoio de todos na Red Bull, na minha visão é um piloto inferior [e bem] a Vettel. Por isso suas chances  remotas de conseguir um título são mais esportivas do que políticas.

Felipe Massa: Escreveria algo similar ao do Webber. Mas, o Felipe e muito melhor que Webber. Acredito num ano bom do brasileiro. Vai ajudar muito a Ferrari e, também, Alonso. 

Lewis Hamilton: As dificuldades serão enormes. No fundo, lá no fundinho, Hamilton já sabe onde se meteu e se arrependeu. Sabe das chances reduzidas. Na verdade, torço para que seu talento supere tudo isso. Mas a corrida ainda é de carros...

Nico Rosberg: Não tem um milésimo do talento de Michael Schumacher e não tem um décimo do talento de Hamilton. Mas andou na frente do Schumi e, provavelmente, andará na frente do inglês [nas primeiras provas]. Coisas de pista.

Jenson Button: Pilota demais. Seu estilo é errar pouco, quase nada. Mas penso, não sou eu [você também], que falta aquela pegada, aquele golpe certeiro, nas horas agas.

Sergio Pérez: A McLaren, ao meu ver, cometeu o mesmo erro de Hamilton. Agiu por emoção. Lewis jogou tudo pra cima e apostou na Mercedes. A McLaren apostou no mexicano. Acho que já tem um lance de arrependimento no ar... mas vamos dar uma chance ao cara. Quem sabe queimo a minha língua.

Kimi Räikkönen: Talentoso demais. Com carro na mão, faz. Resta saber se a Lotus vai entregar esse carro.

Luiz Razia: um ano de grandes viagens e novidades para o brasileiro. Ponto. O problema não é ele. Mas, sua equipe... torço para que consiga galgar outros degraus....

Do restante não vou falar nada agora. Coadjuvantes. Fim.

Abraços

 



Escrito por Rogério Elias às 16h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




De volta

Amigos,

aos poucos vou retomar o Velocidade Máxima, depois de um longo inverno e tentativas no Twitter e Face.

Agradeço o apoio de sempre

Abraços



Escrito por Rogério Elias às 15h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, VILA PRUDENTE, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Esportes, Viagens
Histórico
Outros sites
  Amigos da Velocidade
  Twitter
  Blog do Téo
  BOL - E-mail grátis
  UOL - O melhor conteúdo
Votação
  Dê uma nota para meu blog